Conheça o sistema de busca do Google

O Google realiza nossas atividades cotidianas sempre quando estamos procurando por algo. Ele nos traz resultados imediatos de acordo com a palavra-chave que você inseriu. Por exemplo, você está procurando “Cachoeira”, ao inserir esta palavra ao Google, ele vai escanear a web inteira, seguir vários links de várias páginas, avaliar o conteúdo de cada uma (por exemplo, se tem muita imagem, muitos vídeos, muitos textos, velocidade do carregamento, etc.) dos 30 trilhões de sites na web que ele indexou. Depois ele vai obter os sites mais relevantes para você, além de remover o site que tenha SPAM e enviar uma mensagem ao dono do site.


Tudo isso é feito dentro de 0,24 segundos, indexando 22.300 sites, os mais relevantes (olhando é claro para o caso da “cachoeira”, mas o tempo e os sites podem variar dependendo da palavra inserida na busca). O que você leu acima é um resumo do que veremos a seguir, detalhadamente, o sistema de busca do Google.

Antes do Google lhe trazer a sua busca, ele passa por 3 etapas, digamos, filtros de pesquisa, para lhe trazer os sites mais relevantes da web.

1° Etapa: Rastreamento e indexação

O Google vai começar a escanear as páginas da web que indexou até agora. São mais de 30 trilhões de páginas individuais indexadas, e esse número vem aumentando rápido todos os dias. O Google vai navegar pela web através do rastreamento.

Isso significa que ele vai navegar pelos links dos sites. Daí surge a importância de usar links em suas postagens do blog, assim o Google vai navegar pelas suas páginas e indexá-lo com mais chances. Lembre-se de usar links no texto, e não na imagem.

Isso porque o Google não consegue “ler as imagens”, por tanto, não sabe o que sua imagem está retratando, e vai deixar de seguir o link. Não se esqueça que o Google é capaz de trazer resultados não só de páginas da web, como endereços, imagens, vídeos, sites de compras (se for o caso) etc.

 

 2º Etapa – Algorítimos

Os algorítimos são formas de o Google tentar entender o que você está procurando. Para isso ele tem vários recursos que melhoram a busca.

  • Métodos de pesquisa – para pesquisar por voz ou por imagem. A pesquisa por voz necessita de um microfone. Você fala o que quer pesquisar no microfone, e o Google vai interpretar e fazer a pesquisa.
  • Google instant – É a forma instantânea de o Google lhe trazer os resultados em quanto você digita.
  • Ortografia – É um corretor que verifica erros na sua digitação e lhe mostra a correção.
  • Autocomplete – O Google prevê o que você está procurando, uma forma mais rápida de pesquisar.
  • Sinônimos – Oferece-lhe sinônimos de palavras que podem melhorar na sua busca.
  • Query understanding – Mostra os significados das palavras, como um dicionário online.

Agora chega a hora de organizar os sites. Existem alguns recursos que o Google tem para classificar essas páginas em primeiro, segundo, terceiro lugar. São eles:

  • PageRank – Vai analisar os acessos da página, links internos/externos, e outros fatores para certificar que o conteúdo da  página é confiável.
  • Freshness – Mostra as notícias mais recentes sobre o assunto em questão.
  • SafeSearch – Reduz conteúdo adulto indexado nas pesquisas, seja ele vídeo, imagem ou texto.
  • Contexto do usuário – Traz as pesquisas relevantes com uma região próxima da sua casa.
  • Tradução e internacionalização – A linguagem da página é com base em seu idioma e país.
  • Pesquisa universal – O Google mistura imagens, vídeos, páginas de compras e outras coisas na primeira página.

 

3º Etapa – Spam

O Google também combate contra o SPAM nas buscas. Páginas com SPAM são removidas automaticamente quando são detectadas. Quando isso acontece, o dono do site é informado sobre a ameaça, para corrigir tal problema e aparecer novamente nos resultados de busca.

 

O que é mais interessante, é que todo esse processo é feito em milésimos de segundo, para cada pesquisa que é feita no Google. Uma página cheia de links e imagens para você pode parecer bem simples, mas na realidade, por trás desse sistema, existe uma grande complexidade cuidadosamente pensada.

 

Você pode ver este mesmo conteúdo explicado pelo Google neste link (Em inglês)

Veja também:

Organize as categorias e tags corretamente
Conheça a nova atualização do WordPress

Enrico Prenholato

Com paixão pela tecnologia e compartilhamento de informação idealizou a criação desse blog. Seu objetivo é compartilhar suas experiências de forma simples e didática aos seus leitores. Profissionalmente realizou cursos de informática, Hardware, Inglês e TI.