inteligência artificial

Inteligência artificial

O que você sabe sobre inteligência artificial (IA)? Você tem ideia de como isso afetaria a humanidade? Você é a favor ou contra o desenvolvimento desse tipo de tecnologia? Você acha que com isso a humanidade irá caminhar para um lugar melhor ou pior? Bem, vamos conhecer um pouco mais sobre o que é a inteligência artificial.

Definição

Inteligência Artificial (IA) é um ramo da ciência da computação que se propõe a elaborar dispositivos que simulem a capacidade humana de raciocinar, perceber e tomar decisões, enfim, a capacidade de ser inteligente.” Ou seja, é como criar um cérebro que o ser humano possui, capaz de abstrair e solucionar problemas.

Opiniões a respeito

Na visão do físico britânico Stephen Hawking, as máquinas evoluíram tão rápido quanto o ser humano, elas ainda tem a vantagem de se poder abrir, trocar a peça velha por uma nova mais moderna , e a máquina estará pronta novamente. Para os humanos, o processo é diferente e mais demorado.

Para Elon Musk, criador da Tesla Motors, ele diz que a inteligência artificial é “a maior ameaça à nossa existência”.

E para Rollo Carpenter, criador do Cleverbot, diz que acredita que a tecnologia ainda vai resolver os problemas da humanidade por um bom tempo. “Creio que controlaremos a tecnologia por um longo tempo, e o potencial de resolver muitos dos problemas do mundo será concretizado” e “Nós ainda não sabemos direito o que acontecerá se uma máquina superar nossa própria inteligência, então não podemos saber se seremos ajudados por ela, ignorados, marginalizados ou destruídos”.

Desenvolvimento

Pesquisadores da Microsoft Research, divisão da empresa responsável pelo desenvolvimento de novas tecnologias, estruturaram um novo tipo de inteligência artificial. Segundo eles, o “Deep Learning”, ou Aprendizado Profundo, é capaz de superar o mecanismo de inteligência artificial do Google e até as habilidades humanas.

Embora o resultado inédito tenha empolgado os pesquisadores, eles admitem que a identificação das máquinas ainda está longe de superar a capacidade de visão dos humanos. “Ao reconhecer categorias de objetos do cotidiano, as máquinas ainda têm erros óbvios em casos que são triviais para seres humanos”, escreveram os desenvolvedores do projeto.

O futuro da Inteligência Artificial

O que preocupa muitas pessoas sobre a inteligência artificial é que no futuro, (que pode não estar muito longe) quando as máquinas tiveram capacidade de pensar como um ser humano, elas podem ganhar consciência do mundo, desta form,a a nossa realidade poderá ser retratada como no filme “O exterminador do futuro” onde o cenário apocalíptico é um alerta para todas as pessoas do que as máquinas poderão ser capazes de fazer.  Pode até parecer exagero, mas com esse tipo de inteligência, tudo pode acontecer.

Então por que desenvolver a inteligência artificial?

Porque o homem ainda está fazendo das máquinas a sua ferramenta do dia-a-dia. Elas já estão sendo utilizadas para tarefas repetitivas em indústrias (como as automotivas, para fabricação em série) e para tarefas muito perigosas, como por exemplo, o desarmamento de uma bomba. Várias áreas se mostram promissoras com o emprego da inteligência artificial, na bioengenharia, por exemplo,  um membro poderá ser substituído por um mecânico e através do reconhecimento das atividades cerebrais o novo membro mecânico atuará da mesma forma que o original.

A inteligência artificial se provou ser útil e amplamente empregada nos dias atuais. No futuro, espera-se novos empregos para tecnologias que podem trazer uma série de benefícios. E você? O que sabe sobre esse tema polêmico? É assustador? Você acha que o homem será capaz de permanecer no controle das máquinas por muito tempo? Ou as máquinas logo estarão acima de nós? Comente, deixe sua opinião sobre o assunto!

Referências:

TecMundo – O que é Inteligência Artificial?

Olhar Digital – Microsoft diz ter criado inteligência artificial

Olhar Digital – Stephen Hawking: “Inteligência artificial pode causar o fim da humanidade”

2 pensamentos em “Inteligência artificial”

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *