Youtubers: como fazer um vlog de sucesso

É muito comum pessoas mais jovens pegar uma câmera e colocar na sua frente e começar a falar vários assuntos para publicar no YouTube e se tornar conhecido.

Muitos brasileiros e brasileiras estão fazendo isso e  como prova, há vários “YouTubers” (termo usado para denominar aqueles que gravam vídeos de si mesmo e publicam no YouTube) fazendo sucesso. Além disso, pelo sucesso dessas pessoas, outras se inspiram e começam a criar seu próprio canal.

YouTubers de Sucesso

Para você criar um canal no YouTube de sucesso, isso pode ser simples, mas também complicado. Tudo vai depender dos recursos que você tem.

Por incrível que pareça, muitos YouTubers  tem isso como profissão, pois muitos famosos dependem do dinheiro que ganham fazendo vídeos, por isso se dedicam muito.

Abaixo, confira alguns passos de todos os requisitos mínimos que você precisa para começar um canal no YouTube:

1º passo: Escolhendo o assunto

É o assunto que você vai trabalhar no seu canal que vai definir suas visualizações. Especifique um assunto que você goste e faça um mapa sobre o que você pode falar dele.

Para não chegar uma ocasião de você ficar sem o que falar. Por isso, pesquise sobre esse tema, deixe claro que é esse tema que você vai trabalhar, por ser ele que chamará a atenção das pessoas interessadas no assunto.

Posteriormente essas pessoas vão se inscrever no seu canal porque elas querem acompanhar o que você vai publicar.

2º passo: Câmera

Possuir uma câmera boa é primordial. Afinal, sem câmera, sem vídeo. A sua câmera não precisa ser uma das melhores se você não tem muito dinheiro. Se você tem um Smartphone intermediário, a câmera dele já serve para fazer um vídeo bacana.

Se você quer uma câmera de baixo custo, uma boa é a GoPro hero 3. Elas não custam muito caro e servem para dar fazer um vídeo de qualidade. Se você pode investir mais, câmeras com maior potencial de gravação são das marcas Nikon, Cannon e Sony. Muitos YouTubers usam uma dessas marcas para a gravação.

3º passo: Microfone

O microfone pode ser dispensado, mas sua falta pode incomodar na qualidade do vídeo no final. Os microfones que acompanham as câmeras não são muito eficientes porque eles não removem o ruído durante o momento que você fala.

Por exemplo, se na sua casa não tem barulho externo (carros, motos, caminhões, construções) já é um bom começo. Caso contrário, vá para um lugar onde seja o mais silencioso possível.

Outro detalhe que atrapalha na gravação é o eco. quando você fala o som que sai da sua boca bate na parede e volta para o microfone da câmera. Isso distorce sua voz e fica um resultado ruim no final.

Para remover o eco, você precisa de algo que absorva o som. Então, os seus maiores amigos nesse caso são os colchões, sofás, travesseiros, cobertores, almofadas, etc.

É por isso que muitos YouTubers costumam gravar no quarto, porque o barulho externo e interno é menor. O microfone camufla todos esses sons e detecta somente sua voz, tornando o vídeo com uma qualidade melhor.

Se você não tem dinheiro para comprar um microfone, não se preocupe, vá gravando seus vídeos, quando você conseguir guardar dinheiro o suficiente, lá no futuro você compra um.

Detalhe: não tenha medo da sua voz gravada. A voz que você ouve não é a mesma que as pessoas ouvem. Quando você ouve a sua voz gravada, na verdade, é aquela a voz que todos ouvem de você, mas quando você fala, a voz que você está acostumado a ouvir é diferente.

Pesquise melhor sobre o tema e não fique assustado com a sua voz gravada, porque nem o melhor microfone vai corrigir isso. Você terá que se acostumar, pois só você ouve a sua voz bonita, os outros, ouvem sua voz estranha, a sua voz real.

4º passo: Iluminação

Mesmo sua câmera não sendo das melhores, ela pode fazer um vídeo incrível com um simples detalhe: a iluminação do ambiente. Se no ambiente que você está tem boa iluminação artificial, use essas luzes para gravar. YouTubers tem isso quase como lei.

Caso o ambiente seja escuro, use a luz da janela que também é excelente quando está tudo bem posicionado. Lembre-se que você deve estar sempre de frente para a janela ou luz artificial.

Nunca o contrário. Se o fizer, seu rosto vai ficar escuro, ninguém vai te ver, e isso estraga a sua câmera. Ou seja, não dá certo. A câmera deve estar de costas para a iluminação e seu rosto será bem visível. Ainda que a câmera não seja a melhor, o vídeo será de boa qualidade com a iluminação apropriada.

5º passo: cenário

O cenário é a parte mais interessante e a mais cuidadosa. quando você gravar as pessoas não irão ver apenas você, irão ver o que está atrás de você. Você tem a escolha de apenas gravar com a parede do lugar, que às vezes só há tinta, que é adequado, mas não apropriado.

Você tem que prestar atenção no que está atrás de você. Se há apenas uma parede com tinta, não tem problema, mas, você pode montar um cenário de acordo com o assunto que você escolheu, o que deixará os seus vídeos mais atrativos.

Imagine-se em uma peça de teatro, se há apenas você e seus amigos apresentando, por mais que você faça um bom trabalho, a apresentação não chama a atenção.

Quando há um cenário atrás de você durante a apresentação, as pessoas passam a olhar mais para você e para o cenário. É aqui que você pode ser diferente dos demais Youtubers, seja criativo, pense em algo para colocar atrás de você durante as filmagens.

6º passo: Edição

A edição faz falta. Você precisa de um editor de vídeo, ainda que ele seja gratuito, para você cortar aqueles cenas que você se distrai. Isso se torna cansativo para quem assiste e a pessoa vai embora.

Cortar essas cenas pode te ajudar a lembrar o que você ia falar em seguida, e fará o público permanecer no seu canal, são pequenos cortes que você deve fazer com determinado tempo.

Procure cortar os momentos de distrações, sons externos, e vá gravando outra vez até ficar bom. Coloque efeitos no vídeo que deixará a pessoa mais confortável ao assisti-lo. Mas lembre-se de não exagerar. Se você é bom em edição e possui editores mais capazes, você ainda pode resolver problemas com o cenário e com a iluminação.

Tudo vai depender do seu conhecimento em edição. É a edição que pode salvar algum problema anterior durante a gravação. No final, escolha a melhor qualidade de vídeo e envie para o YouTube.

7º passo: O canal

Aqui você deve pensar no nome, logotipo do canal, capa, enfim. Após ter escolhido o assunto, você deve pensar no nome do seu canal, pense em algo original, que ninguém ainda pensou e crie vídeos para esse canal. Importante: não escolha nomes esquisitos para seu canal: EricAntonioFulanokkkk1234WIURNA. Seja criativo e pense algo diferente.

Coloque o seu nome sem nenhum acréscimo de letras ou números, ou pense em algo relacionado aos seus assuntos. De preferência, nomes fáceis de memorizar. Mesmo que o nome do canal não tenha ficado aquele nome que você esperava, você pode fazer esse canal bem melhor dependendo dos vídeos que você colocar nele.

Depois você pode criar vídeos diferentes além do assunto principal. Por exemplo: você criou o canal ‘Tecnologia’. Então, além de você enviar vídeos sobre tecnologia para ele, você pode fazer coisas diferentes, como vídeos diários, desafios com os amigos, ou algo mais pessoal. Mas pense nisso como segundo plano. O importante é você não deixar o canal principal ‘Tecnologia’ cair, não perca o foco.

Lembre-se de criar uma vinheta. A vinheta é uma introdução, abertura, apresentação do seu canal. Crie algo simples, mas se você for bom com isso, seja criativo e crie sua vinheta. Tente não ultrapassar 10 segundos, ou a vinheta vai ficar chata para quem assiste e irá embora. Então pense: eu tenho 10 segundos ou menos, o que eu posso fazer nesse tempo?

8º passo: Acessórios

Os acessórios podem fazer falta para os YouTubers. Tripé, iluminação artificial, microfone, e outros recursos são importantes, mas dependendo do que você tem em sua casa, você até pode improvisar.

Por exemplo, se você não tem um tripé, você terá que utilizar um banco, uma cama, cadeira, armário, ou qualquer coisa que possa dar altura, pois é importante a câmera estar na mesma altura que seu rosto. O ângulo também pode estar desagradável, já que é importante a câmera estar alinhada com a sua cabeça e altura.

Se você não tem iluminação, use a luz da própria janela, se você não tem um microfone, use um ambiente silencioso para gravar. Aos poucos você pode guardar dinheiro e comprar mais acessórios que vão te ajudando na gravação.

Observação: Uma dica a mais para seus vídeos é criar uma espécie de “sua marca registrada”. Por exemplo,  quando você ouve “abestado” você vai lembrar de uma pessoa, pois essa pessoa é a única que criou e continua a falar isso. Sempre que você ouve essa palavra você lembra daquela pessoa. Então faça algo parecido em seus vídeos, fale uma palavra com frequência, faça um efeito no seu vídeo que só você faz, faça uma brincadeira, enfim, faça algo único para alguém sempre lembrar de você.

Considerações finais

Lembre-se: Mesmo que você tenha todos os recursos acima, não significa que seu canal fará sucesso. Quem está de frente para câmera é você e um acompanhante, se houver. Vá com calma, não espere 1.000.000.000 de views no primeiro vídeo, ou toda essa quantidade de inscritos. Você move as pessoas que se inscreveram no seu canal. Não fique ansioso, faça vídeos constantemente, e, acima de tudo, seja você mesmo.

Veja também:

As suas senhas usadas na internet são fortes?
Mito ou Verdade? Descubra algumas crenças sobre tecnologia

Enrico Prenholato

Com paixão pela tecnologia e compartilhamento de informação idealizou a criação desse blog. Seu objetivo é compartilhar suas experiências de forma simples e didática aos seus leitores. Profissionalmente realizou cursos de informática, Hardware, Inglês e TI.

  • Marcelo Carmo Santos

    Excelente matéria. Poderia lançar uma nova citando alguns equipamentos.

  • Pedro Arruda

    Um dia penso em ser um Youtuber…

    Na verdade, penso todos os dias, mas o que entra em questão é a privacidade. A internet pode ser boa para muitas coisas, mas pode ser triplamente ruim para outras.

    Mas enfim… Parabéns pelo artigo! Muito bom.

    Abraços, Pedro.